Conheça os modelos de máquinas para pastéis e empanadas
24 de outubro de 2017
4 dicas para produção de pão de queijo
7 de novembro de 2017

O que você precisa saber sobre Vigilância Sanitária

A Vigilância Sanitária exerce, no Brasil, a função de proteger e promover a saúde a partir do Estado, evitando que a saúde humana seja exposta a riscos ou combatendo ações e processos que sejam nocivos a ela. Segundo o Sistema Único de Saúde (SUS), a vigilância sanitária é um conjunto de ações voltadas a prevenir riscos à saúde e a intervir em problemas sanitários, entre eles os relacionados à prestação de serviços, circulação de bens e todas as etapas e processos, da produção ao consumo, que se envolvam com a saúde.

O órgão responsável por controlar e inspecionar essas atividades é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), criada em 1999 e atuante tanto no nível nacional quanto no estadual e no municipal. Sua atuação inclui a fiscalização de locais de produção e comercialização de alimentos, além de estabelecimentos que vendem medicamentos, prestam serviços de saúde e locais públicos em geral.

A missão da Anvisa é “proteger e promover a saúde da população, mediante a intervenção nos riscos decorrentes da produção e do uso de produtos e serviços sujeitos à vigilância sanitária, em ação coordenada e integrada no âmbito do Sistema Único de Saúde”.

Vigilância Sanitária na indústria de alimentos

Para quem atua no ramo alimentício, entender a função da Vigilância Sanitária é essencial, para evitar sofrer penalidades e, acima de tudo, para cumprir as normas de saúde e garantir a segurança de quem consome seus produtos.

Entre as informações que você deve ter para abrir ou regulamentar sua empresa de produção de salgados, por exemplo, ou qualquer outro negócio nesse segmento, estão as formas de contato com os órgãos responsáveis por essa área em sua região de atuação. No site da Anvisa você pode consultar os profissionais e os contatos da agência no seu estado.

No portal da agência você também encontra dicas e instruções para a prática ideal de fabricação de alimentos. Elas são um conjunto de medidas que as indústrias e os prestadores de serviços desse ramo devem seguir para garantir a qualidade sanitária de seus produtos e manter sua atuação de acordo com os regulamentos técnicos.

Todos os tipos de indústria e serviços de alimentação devem seguir algumas normas gerais, o que inclui fábricas de salgados, pequenas, médias ou grandes. Além desse regulamento nacional, existem também normas complementares, determinadas pelos serviços de Vigilância Sanitária nos estados e municípios. Por isso é importante conhecer todas as regras e contatos disponíveis nesses três âmbitos.

Neste link você pode consultar os pontos da Resolução 275, criada para centralizar em um instrumento genérico as normas de boas práticas de fabricação. Com base em códigos internacionais, existem também portarias com princípios gerais de higiene de alimentos e requisitos sobre as condições higiênico-sanitárias para estabelecimentos que produzem alimentos.

Não deixe de ler toda a legislação que regula essa área, pois ela é essencial para o bom funcionamento da sua fábrica de alimentos. A Vigilância Sanitária deve ser uma das principais preocupações de quem atua nessa área, uma vez que garante a saúde e a segurança de toda a população e pode ser uma grande aliada para a sua empresa.

Você conhece alguma dica importante sobre a Vigilância Sanitária no seu estado?
Compartilhe
nos comentários abaixo.

1 Comentário

  1. […] o papel da Anvisa e algumas das normas regulatórias que podem ser importantes para sua produção. Clique aqui e conheça […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *