4 dicas de marketing digital para sua fábrica de salgados
15 de janeiro de 2020
Tendências do setor Food Service para 2020
17 de fevereiro de 2020

Conheça itens básicos para abrir uma fábrica de alimentos

Se você está pensando em abrir uma fábrica de alimentos e não sabe bem por onde começar, um bom caminho é listar o que você vai precisar logo no início. Ou se você já tem seu negócio na indústria alimentícia e quer renovar sua atuação e sua estrutura, talvez seja um bom momento de rever o que precisa ser atualizado e aprimorado, para ampliar sua produção e seu número de clientes.

Empreender é sempre um desafio. Na área alimentícia, os itens básicos para funcionamento de uma fábrica, por exemplo, são complementados com fatores de segurança e higiene, tornando o processo de abertura de um negócio bem específico. Contar com uma lista de itens básicos, na hora de abrir sua fábrica de alimentos, facilita a organização e assegura que todos os fatores importantes sejam lembrados.

Leia também: Tendências da indústria alimentícia para 2019

Importância do planejamento

Comece seus planos definindo objetivos claros de onde você pretende chegar. Número de vendas, público atingido, porcentagem de crescimento por período. Com essa noção, fica mais fácil saber como será sua atuação e qual tipo de infraestrutura investir: comprar uma máquina para uma quantidade baixa de produção pode não ser uma boa ideia, se você tiver como meta ampliar o volume já nos primeiros anos. Assim, mesmo que você comece pequeno, vale a pena já pensar em equipamentos mais amplos para um futuro próximo.

Um bom planejamento vai te ajudar também a entender quais são os investimentos prioritários e quais você pode deixar para depois. Ele é fundamental para que você não gaste seus esforços em estratégias que não te ajudem a crescer e não corra o risco de ter problemas de equilíbrio financeiro logo no início do seu projeto.

Onde investir primeiro

Com um planejamento bem montado e os objetivos traçados, é hora de investir nos itens básicos para montar sua fábrica de alimentos. Pense sempre no seu público na hora de definir, por exemplo, quais os tipos de alimentos que você vai produzir. A partir dessa decisão, você vai precisar determinar receitas, equipamentos e uma equipe especializada. Lembre-se também de considerar os melhores fornecedores para matérias-primas. Elas farão toda a diferença no produto que você pretende entregar.

Leia mais: Tecnologia na indústria de alimentos: o que você precisa saber

Para escolher esses itens, é importante considerar preço e qualidade, e você pode fazer isso pesquisando o histórico dos parceiros e dos colaboradores, pedindo indicações e fazendo testes. No caso dos equipamentos, um diferencial é poder contar com assistência e suporte, para assegurar o bom funcionamento de todas as máquinas e dar mais tranquilidade para sua equipe. Segurança e higiene também são essenciais, para manter a qualidade e a boa entrega dos produtos alimentícios. Para isso, pesquise e siga à risca as normas da vigilância sanitária.

Na fase de contratação, lembre-se de encontrar profissionais com engajamento e alinhamento em relação à cultura da sua empresa. Para isso, é importante definir aspectos como missão, visão e valores do negócio, estabelecendo um clima e um objetivo conjunto para todos que trabalham ali. Parece abstrato, mas a cultura da empresa faz toda a diferença nas entregas e na retenção dos bons colaboradores, o que pode ser um grande impulsionador do sucesso da sua fábrica de alimentos.

Não deixe de pensar nas embalagens e na logística de entregas para seus produtos; esses também são itens básicos para quem pensa em atuar na indústria alimentícia. Junto a isso, invista também na comunicação com seus clientes, criando canais de divulgação e de contato direto para feedback.

Já montou sua lista de itens básicos para uma fábrica de alimentos? Ficou faltando alguma coisa? Deixe seu comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *